Fred Gil e José Ricardo Nunes sagram-se campeões do mundo de veteranos

Fred Gil e José Ricardo Nunes sagram-se campeões do mundo de veteranos

Notícia Raquetc

Campeonato Mundo Equipas Veteranos, Umag, Croácia

Fred Gil e José Ricardo Nunes campeões do mundo

Fred Gil e José Ricardo Nunes são os novos campeões do mundo em pares no escalão de +35 anos, em veteranos.

Na final do Campeonato do Mundo Individual em Veteranos, em Umag (Croácia), Fred Gil e José Ricardo Nunes, par quarto cabeça de série, venceram os argentinos Diego Hernan Bustamante e Matias Carmona, por 4-6, 6-2 e 10-8.

Fred Gil e José Ricardo Nunes são os primeiros portugueses a conquistar um título mundial em veteranos.

Notícia FPT

Campeonato Mundo Individual Veteranos, Croácia

Dupla Gil/Nunes vai discutir título mundial de +35 anos

A dupla Fred Gil/José Ricardo Nunes qualificou-se para o encontro de discussão do título mundial de +35 anos, após vencer a segunda meia-final do Campeonato do Mundo Individual de Veteranos, em Umag, na Croácia.

Quarto par cabeça de série, Fred Gil e José Ricardo Nunes afastaram a dupla primeira cabeça de série, formada pelo italiano Luca Serena e pelo holandês Romano Frantzen, por 3-6, 7-6 (6) e 10-6.

Na final, os tenistas portugueses encontram os argentinos Diego Hernan Bustamante e Matias Carmona.

Em +30 anos, a dupla constituída por Patrícia Couto e pela alemã Sonja Nikolic foram arredadas da final.

Patrícia Couto e Nikolic cederam frente às alemãs Natali Gumbrecht e Christine Kraupa, par segundo cabeça de série, por 6-0 e 6-2.

Notícia FPT

Fred Gil e José Ricardo Nunes na final de pares do Campeonato do Mundo de Veteranos +35

Depois de garantir o apuramento para a final de singulares, variante em que defende o estatuto de primeiro cabeça de série, Fred Gil regressou ao court e ao lado de José Ricardo Nunes afastou os campeões em título, Romano Frantzen Luca Serena, por 3-6, 7-6[6] e 10-6.

Com a vitória desta quarta-feira, Fred Gil e José Ricardo Nunes — que são os quartos cabeças de série — já garantiram a conquista da medalha de prata, mas na quinta-feira irão em busca dos troféus de campeões frente aos argentinos Diego Hernan Bustamante Matias Carmona, que afastaram os terceiros pré-designados.

Notícia Raquetc

Seleção portuguesa sagra-se vice-campeã mundial de veteranos +35

A seleção nacional masculina de +35 anos composta por Fred Gil, José Ricardo Nunes, Gonçalo Pereira e João Guerra sagrou-se, esta quinta-feira, vice-campeã mundial do primeiro escalão do circuito de veteranos, ao perder por 2-1 com a França na grande final em Umag, na Croácia.

Liderada pelo finalista do Estoril Open 2010, que é o atual campeão nacional de veteranos do escalão, a equipa portuguesa estreou-se na competição com duas vitórias nos três encontros da fase de grupos: 3-0 contra a Eslovénia, 3-0 frente à Índia e, a terminar, um 1-2 perante a Ucrânia que não impediu o primeiro lugar na classificação final do Grupo D.

No primeiro dia, Portugal derrotou a Eslovénia por 3-0, com José Ricardo Nunes a levar a melhor contra Rok Ursic por 7-5 e 6-4, Fred Gil a superar Matjaz Jurman por 6-2 e 6-3 e, no par, João Guerra e Gonçalo Pereira a vencerem Klemen Kadivnik e Niko Popovic por 7-6(3) e 7-5.

Depois, a seleção nacional aplicou o mesmo resultado à Índia, com triunfos de Gonçalo Pereira (6-0 e 6-0 a Manish Kulhary), José Ricardo Nunes (6-0 e 6-1 contra Riyaz Ahmed) e João Guerra/Gonçalo Pereira (6-0 e 6- contra Riyaz Ahmed e Manish Kulhary).

A fechar a fase de grupos, Portugal não conseguiu fazer o pleno e perdeu por 2-1 com a Ucrânia: no primeiro singular, José Ricardo Nunes cedeu por 7-6(5) e 7-5 para Andriy Liakhovych, mas Fred Gil igualou o confronto ao derrotar Viacheslav Siedoplatov por 6-3 e 6-2 antes de, no par, a equipa de leste voltar a levar a melhor, com Oleksandr Agafonov e Viacheslav Siedoplatov a imporem 6-2 e 6-2 a João Guerra e Gonçalo Pereira.

O desaire não impediu a equipa portuguesa de seguir em frente e no primeiro lugar, pelo que na quarta-feira a seleção portuguesa enfrentou e venceu a Espanha nas meias-finais: depois de José Ricardo Nunes perder por 6-0 e 6-0 com Ignasi Villacampa, Fred Gil superou Pedro Salas Lozano por 7-6(3) e 6-4 e, no par, alinhou ao lado de Gonçalo Pereira para vencer Narcis Pelach-Torres e Ignasi Villacampa por 6-4 e 7-5.

No derradeiro confronto, a seleção nacional portuguesa não conseguiu resistir ao favoritismo da França e perdeu os dois encontros de singulares: José Ricardo Nunes cedeu por 6-2 e 6-1 contra Florian Reynet e Fred Gil perdeu por 6-0 e 6-3 perante Vincent Stouff, com o conjunto gaulês a abdicar da realização do encontro de pares. Desta forma, Portugal terminou a participação no Campeonato do Mundo por equipas no segundo lugar.

Notícia Raquetc

Italia Cup

Portugal é vice-campeão mundial

Portugal é vice-campeã mundial de +35 anos, em masculinos, depois de ceder frente à França, na final da Italia Cup, do Campeonato do Mundo em Equipas de Veteranos, em Croácia.

A seleção nacional, capitaneada por Gonçalo Pereira, consentiu o triunfo dos tenistas franceses nos dois encontros em singulares, o de pares não se realizou.

José Ricardo Nunes permitiu 6-2 e 6-1 a Florian Reynet e Fred Gil concedeu vitória a Vincent Stouff, por 6-0 e 6-3.

O selecionado masculino de +35 anos de Portugal integrou também João Guerra.

Photo Portugal

Notícia site FPT

Italia Cup

Portugal no confronto de decisão do título mundial

A seleção nacional masculinas de +35 anos venceu a Espanha e vai estar presente no encontro de atribuição do título mundial da Italia Cup, inserida no Campeonato do Mundo em Equipas de Veteranos, em Umag, na Croácia.

Na final da Italia Cup, o selecionado de Portugal vai jogar com a França, que, nesta quarta-feira, venceu a meia-final do play-off dos primeiro ao quarto lugares da classificação, impondo-se à Holanda, também por 2-1.

Frente aos« coletivo espanhol, José Ricardo Nunes não entrou bem no encontro e cedeu o triunfo a Ignasi Villacampa, por duplo 6-0.

Fred Gil restabeleceu a igualdade no embate, com 7-6 (3) e 6-4 aplicados a Pedro Salas Lozano.

No decisivo encontro em duplas, Gonçalo Pereira e Fred Gil lograram a vitória, por 6-4 e 7-5, sobre Narcis Pelach-Torres e Ignasi Villacampa.

Notícia site FPT

Italia Cup

Portugal volta a vencer e cimenta liderança do Grupo D

A seleção nacional masculina de +35 anos voltou a vencer e cimentou a liderança do Grupo D da Italia Cup, inserida no Campeonato do Mundo em Equipas de Veteranos, em Umag, na Croácia.

Frente à Índia, Portugal venceu com o pleno de triunfos nos três encontros e está agora isolado na liderança do Grupo D, precedendo Eslovénia e Ucrânia.

Gonçalo Pereira começou por colocar o selecionado português em vantagem, impondo um duplo 6-0 ao indiano Manish Kulhary.

José Ricardo Nunes dilatou a vantagem, depois de 6-0 e 6-1 no confronto com Riyaz Ahmed.

No embate em pares, João Guerra e Gonçalo Pereira registaram o mesmo desfecho frente a Riyaz Ahmed e Manish Kulhary.

Notícia site FPT

Italia Cup

Portugal começa com vitória sobre Eslovénia

A seleção nacional de +35 anos, em masculinos, começou da melhor maneira o round robin do Grupo D da Italia Cup, inserida no Campeonato do Mundo em Equipas de Veteranos, na localidade croata de Umag.

Portugal, capitaneado por Gonçalo Pereira, fechou o encontro da primeira jornada com um um triunfo sobre a Eslovénia, por 3-0.

José Ricardo Nunes foi o primeiro português a atuar, logrando 7-5 e 6-4 frente a Rok Ursic.

Fred Gil ampliou a vantagem de Portugal para 2-0, com 6-2 e 6-3 no confronto com Matjaz Jurman.

Nos pares, Gonçalo Pereira e João Guerra desenvencilharam-se de Klemen Kadivnik e Niko Popovic, por 7-6 (3) e 7-5.

Noticia site FPT

                                             Nascido a 24/07/1986 em Faro.
Licença – 9033

Títulos:

1997: Vice-Campeão Nacional Pares Iniciados
Campeão Regional Individual e Pares Inicados

1998: Campeão Regional Individual e Pares Iniciados
Campeão Regional de Interclubes Iniciados
Vice-Campeão Nacional Individual e Pares Iniciado

1999: Campeão Regional Individual e Pares Infantis

2000: Campeão Regional Individual e Pares Infantis
Campeão Regional de Interclubes Infantis
Campeão Nacional Individual Infantis

2001: Vice-Campeão Regional Idividual e Campeão Regional Pares Cadetes

2002: Campeão Regional Individual e Pares Cadetes
Campeão Regional de Interclubes Cadetes
Vice-Campeão Nacional de Interclubes Cadetes
Campeão Regional Individual e Pares Cadetes
Campeão Regional Absoluto Individual

2003: Campeão Regional Individual e Pares Juniores
Campeão Regional de Interclubes Juniores
Campeão Regional de Interclubes Absoluto
Campeão nacional de Interclubes 3ª Divisão, de Pares Mistos
Vice Campeão Nacional Individual de Juniores.

Jogador do Ano.

2004: Campeão Nacional por Equipas Juniores
Campeão Nacional de Pares Masculinos Juniores
Campeão Regional de Pares Seniores
Campeão Nacional de Juniores
Campeão Regional Absoluto

2005: classificou-se em 9º lugar do Circuito TMN

2006: Campeão Regional Absoluto de Pares. Vice-Campeão Regional Absoluto de Singulares. Campeão Nacional de Pares Masculinos. Vice-Campeão Nacional de Pares Mistos. Campeão Nacional de 2ªDivisão Equipas Absoluto. Classificou-se em 10º lugar do Circuito CIMA.

2007: Campeão Regional Absoluto de Pares (Francisco Lourenço) e Singulares. Vencedor de um torneio do Circuito CIMA (Torneio 25 Abril-Faro). Classificou-se em 8º lugar do Circuito CIMA. Participação no Masters CIMA-FPT.

2008: Campeão Regional Absoluto de Singulares. Vencedor de três torneios do Circuito CIMA (Carvoeiro, Portimão, Barreiro).

2009: Campeão Regional Absoluto de Singulares. Campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Ana Claro). Campeão Nacional Equipas 1ª Divisão.

2010: Campeão Regional Absoluto de Singulares e Pares (João Coelho). Campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Ana Claro).

2011: Campeão Regional Absoluto de Singulares e Pares (João Coelho). Campeão Nacional Universitário. Campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Bárbara Luz). Vencedor de 2 dos maiores torneios nacionais (Àgueda, Golegã).

2012: Campeão Regional Absoluto de Singulares e Pares (Ricardo Jorge). Campeão Nacional Universitário. Vencedor do Open Cidade de Àgueda.

2013: Vice-Campeão Regional Absoluto de Singulares e Campeão Regional Absoluto Pares (Ricardo Jorge). Vencedor do Open da Golegã e do Open Cidade de Olhão.

2014: Campeão Regional Absoluto de Singulares e Pares (André Nunes).

2015: Campeão Regional Absoluto de Singulares e Pares Mistos (Demi Rodrigues). Campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Raquel Mateus).

2016: Vice-Campeão Nacional Absoluto de Pares Mistos (Cláudia Gaspar). Campeão Regional Absoluto Singulares, Pares (José Casquilho), Pares Mistos (Isabel Pinto).

2017: Campeão Regional Absoluto de Singulares, Pares Masculinos (Russel Henderson) e Pares Mistos (Ivone Àlvaro). Noticia Bola Amarela. Campeão Nacional Pares Mistos (Cláudia Gaspar) e semi-finalista do nacional individual: Notícia Raquetc, Notícia Bola Amarela. Vencedor master séniores ATA.

2018: Campeão Regional Absoluto de Singulares, Pares Masculinos (João Graça) e Pares Mistos (Rita Correia). Campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Matilde Jorge). Noticia Raquetc

2019: Campeão Regional Absoluto de Singulares, Pares Masculinos (João Graça) e Pares Mistos (Rita Trocado). Noticia Bola Amarela Noticia Raquetc. Vice-campeão Nacional Absoluto Pares Mistos (Sara Neto). 8º lugar no Masters nacional FPT.

2020: Vice-Campeão Regional Absoluto de Singulares.

2021: Campeão Regional Absoluto de Singulares, Pares (João Coelho) e Mistos (Rita Trocado). Campeão Regional +35 Singulares, Pares (Vitor Palma) e Mistos (Carla Silva).

Representou várias vezes a Seleção Nacional.

Foi nº1 do Ranking Nacional em Sub12, Sub14, Sub16, Sub18 e Sénior.

Melhor ranking mundial ITF, 222.

Melhor ranking mundial ATP singulares, 1154 e ATP pares, 1830.

Atleta que foi abrangido pelo estatuto de alta competição.